Olá, como vai? Se você chegou até esse blog post, é porque está procurando uma forma de melhorar o turnover dentro da sua empresa. Nós estamos aqui para te ajudar com esse assunto!
 
Primeiro precisamos entender exatamente o que é o turnover e o porquê ele existe, tá? Só assim conseguiremos saber quais as lacunas que existem na sua empresa que estão convertendo em um alto turnover.
 

O que é turnover?

 
O termo em inglês turnover significa rotatividade e, dentro de uma empresa, está relacionado à admissão (entrada) e demissão/desligamento (saída) de colaboradores. Se sua empresa tem um turnover elevado, então a rotatividade de colaboradores é muito grande, e você precisa ficar atento a este número. 
 
Essa métrica deve estar sempre no foco da equipe de Recursos Humanos, pois além de ser prejudicial à economia da empresa, também faz com que o nome da marca fique com maus olhos perante às pessoas e futuros colaboradores, sem contar na perda de tempo útil de trabalho, visto que a empresa precisa buscar um novo colaborador e ensinar a ele todo o conceito corporativo existente ali. 
 
Há vários motivos pra se ter uma alta rotatividade dentro de uma empresa, entre eles estão: demissões em decorrência das políticas corporativas, falta de crescimento profissional ou motivação, desgaste, desvalorização, colocação profissional, etc. 
 

Como calcular o turnover da sua empresa?

 
Segundo a For Business, um cálculo bem rápido e simples pode ser feito para que você consiga saber a porcentagem de rotatividade dentro da sua empresa. 
 
Primeiro escolha um período ao qual você pretende obter o resultado de rotatividade, depois separe a quantidade de colaboradores admitidos nesse período, a quantidade de colaboradores que deixaram a empresa e o número atual de funcionários existentes. 
 
Some o número de admissões ao número de saídas, e divida por dois. Divida esse resultado pelo número total dos seus colaboradores atuais. Por fim, multiplique o valor por 100 para ter a porcentagem de turnover da sua empresa no período escolhido. 
 
Ah, é importante destacar que essa fórmula não se encaixa em todos os negócios, principalmente os que têm um grande aumento exponencial ou que fazem uso de colaboradores sazonais. Mesmo assim, entenda a importância de saber a rotatividade e coloque essa porcentagem nas suas métricas.
 

Diminua o turnover

 
Para você diminuir o turnover da sua empresa, é necessário entender primeiro os motivos que levam a ele
 
Descubra o motivo de um pedido de demissão. Para isso, tente realizar uma pesquisa demissional no momento da rescisão do contrato. Tente ser bem direto e focar nos motivos que você sabe que levarão à resposta certa.
 
Melhore o clima organizacional da sua empresa, oferecendo inclusão e deixando todos informados sobre os processos que acontecem diariamente. 
 
Faça contratações mais assertivas, visando pessoas que possuem uma cultura parecida ou similar à da sua empresa. Utilize o fit cultural para realizar a contratação - em breve falaremos sobre essa modalidade.
 
Melhore ou comece a organizar o plano de carreira da sua empresa. Segundo a Gupy,  a falta de perspectiva e motivação para o crescimento dentro da empresa são os maiores motivos de turnover. 
 
Realize avaliações de desempenhos de todos os setores, em todas as hierarquias. Lembre-se que seus colaboradores precisam ter avaliações gerais, não só deles como da empresa em um todo. Mostre que você se preocupa com o ambiente de trabalho e que está atendo às necessidades de mudança e adaptação.
 
Por fim, utilize ferramentas que conectam e diminuam a distância do seu colaborador com a empresa, seja por ele estar em home office, seja por não ofertar um maior contato corporativo. Uma das ferramentas mais completas que você pode oferecer é a Vivaintra, uma intranet colaborativa completa, que agrega valor à empresa e ao colaborador. Conheça mais em https://www.vivaintra.com/experimente