O gamification não é algo novo no mundo dos negócios, existe desde 2002 mas tem se tornado cada vez mais presente no cotidiano das empresas nos últimos anos. Pesquisas mostram que o gamification tem um grande mercado em crescimento e os investimentos na área têm crescido anualmente.  Mas como o gamification pode ajudar nas empresas, continue lendo e descubra porque o gamification é o negócio do futuro.
 
Entendendo o gamification
O gamification ou gamificação no Brasil são mecanismos de jogos utilizados para resolver problemas práticos organizacionais, visando despertar o engajamento por meio destes mecanismos de jogos transformando e desenvolvendo novos comportamentos na equipe.
Esses mecanismos de jogos tornam mais agradáveis tarefas consideradas tediosas ou repetitivas do dia a dia do colaborador, tornando o processo mais atrativo esperando que o colaborar se sinta mais estimulado a cumprir suas tarefas e se engajar com a equipe e seus objetivos.
O gamification tem maior sucesso com a geração Y nascidos após os anos 80, que tiveram em sua infância o uso do vídeo game e acompanharam o avanço da tecnologia. A geração Y que hoje já tem uma parcela inserida no mercado de trabalho deverá representar 75% da mão de obra do mundo até 2025 segundo a BPW foundation. Para empresas que gostam de inovação, a inserção de mecânicas de jogos em seu dia a dia corporativo é um grande estimulo para essa geração que já nasceu conectada.
 
Uso do gamification para funcionários
O engajamento e a motivação podem vir a exercer influência positiva nos negócios da empresa. O reconhecimento do bom trabalho por meio de recompensas além de motivar os colaboradores pode despertar a competitividade positiva dentro da empresa para que outros colaboradores se sintam desafiados a bater as metas que seu colega de trabalho realizou, isso gera o  comprometimento espontâneo no desempenho das atividades, causando também a retenção de bons funcionários e estimulando a vinda de novos talentos. Incentivando o crescimento da empresa e a melhoria do clima organizacional.
A aplicação de uma bem-sucedida estratégia de gamification está diretamente associada ao entendimento do contexto em que se insere o usuário, e quais são seus anseios e limitações extrínsecos (incitado pelo meio externo) e intrínsecos (auto motivados). A aplicação do gamification aponta para circunstâncias que envolva criação ou adaptação da experiência do usuário a determinado produto, serviço ou processo, intenção de despertar emoções positivas, explorar aptidões pessoais ou atrelar recompensas virtuais ou físicas ao cumprimento de tarefas.
Existem diversas mecânicas de jogos que podem ser inseridas no contexto empresarial e não é considerado gamification apenas quando o sistema da empresa tem o design completo de um jogo, as utilizações de algumas mecânicas em softwares são bastante comuns e caracteriza o gamification pois estimula a competição, desperta engajamento ou estimula um novo comportamento.
Veja abaixo algumas mecânicas de jogos encontrados em diversos lugares.
 

Fonte livro: Gamification, inc