Para entender o que é colaboração, primeiramente devemos lembrar o que é ser criança. Toda aquela época divertida a qual fazíamos de tudo por uma boa brincadeira, que ajudávamos o amigo a montar seus brinquedos sem se preocupar quem sairia ganhando; porque todos sairiam ganhando se brincassem juntos. Crianças se arriscam junto, ganham e perdem juntos e o único benefício no fim era ganhar boas risadas, as vezes alguns arranhões e mesmo ganhando algo tão simples, nunca deixam de brincar, de ganhar e perder, sempre colaborando pelo mesmo objetivo, se divertir.  
Segundo os dicionários colaborar significa cooperar, ajudar, participar e é esse o sentimento que as empresas e funcionários devem ter uns com outros, deve existir uma troca mútua de colaboração entre todos da organização para que ela flua melhor. Com esse sentimento bem instalado nas raízes da empresa o seu resultado será sempre positivo.
A própria palavra colaborador vem do termo colaborar, pois acreditasse que funcionário é aquele que tem ocupação permanente e retribuída. = Empregado já o colaborador é visto como alguém na organização que irá ajudar a alcançar os objetivos da empresa e não apenas trabalhar em troca do seu salário.   
Para se ter uma equipe colaborativa é necessário que as empresas possibilitem que seus colaboradores tenham a oportunidade de despertar o sentimento de colaboração e isso acontece com o bom relacionamento interpessoal entre todos da empresa. Porque poucas pessoas são colaborativas com que não conhece, por isso, ter a possibilidade de conhecer melhor seus amigos de trabalho, saber algumas coisas das pessoas que estão por trás dos cargos que ocupam na organização é fundamental para que o trabalho colaborativo seja mais presente no dia a dia.
Como implantar um sistema que desperte a colaboração nas empresas
A cultura colaborativa nas empresas raramente nasce sozinho, ela surge de um incentivo ou estímulo da empresa para que isso aconteça. Este incentivo pode vir de diversas formas, podem ser ações pontuais, que tem um grande efeito por um momento, mas que com os meses acaba caindo no esquecimento e os colaboradores deixam de lado as práticas de colaboração. Uma outra opção é implantar práticas permanentes que estimule a colaboração, a qual instigue constantemente o colaborador a estar inteirado com os objetivos da empresa e as necessidades dos seus colegas trabalho. Criando assim um novo clima na organização, onde as pessoas deixam de fazer suas atividades porque visão uma recompensa individual, mas sim porque buscam alcançar os objetivos da equipe e da empresa.
As pessoas nascem com um sentimento de ajudar as outras, mas acabam perdendo isso com o passar do tempo, com essa perda, tornasse o papel da empresa criar um ambiente onde seus colaboradores possam despertar seu sentimento de ajuda e colaboração tão comum entre as crianças, para que exista muito mais que uma obrigação de fazer determinada coisa, exista uma vontade de fazer a diferença. O sucesso da cultura colaborativa é encontrar nos colaboradores o sentimento de colaboração tão presente na infância, despertando em todos a vontade de "brincar" (trabalhar) em grupo visando "se divertir" (criar resultados) em um ambiente organizacional satisfatório para todos.